Em tempos de medos e incertezas, há coisas que ficam mais claras. Lembramo-nos do que realmente importa, dos que realmente importam, e de que a única certeza que temos é o momento em que estamos a viver. 

Foi isso mesmo que moveu a Inês e o Gonçalo. 

As saudades eram já muitas, as viagens foram sendo adiadas, mas nada disso impediu este casal de vir de Inglaterra, dizer o desejado sim, a Portugal, rodeados dos seus pais e irmãos. 

Fez-se Sol no Oeste sempre nublado, os brindes e os discursos foram mais que muitos e eu fui até levado num passeio todo o terreno pelos arredores de Óbidos.

Que especial foi estar presente em momentos assim, tão íntimos e especiais. Afinal, é mesmo isso, todos os dias são bons para celebrar o amor. E em dias como os que atravessamos, isso torna-se ainda mais essencial. É tudo o que importa.

CLOSE MENU